15 de jun de 2009

[Faixa Espressa]IPI: Governo mantêm suspense, embora negue a continuidade da redução




Nas últimas semanas, o governo federal nega com veemência que a redução do IPI para automóveis será prorrogada além de 30 de Junho.

Mas então porque tantas declarações de que o imposto menor não continuará? Será porque tal redução já foi prorrogada no fim de Março?

Analistas de mercado e setores do governo apontam que o melhor no momento, é o fim de tal redução. Sendo assim, dia 30 de Junho termina a redução e acabou!

Mas com tantas negativas, parece que há algo oculto em tais declarações. Alguns defendem que a redução seja gradualmente retirada, para não impactar o mercado negativamente.

Outros no entanto, apontam algumas soluções como redução ou isenção de IPI para os modelos com etiquetas verdes, pertencentes às marcas participantes do Programa Nacional de Etiquetagem veicular.

Tal programa anda se arrastando e tem tido baixa adesão. Esse método seria um incentivo ao consumo após o fim da redução geral do IPI.

O governo até está estimulando o consumo, alertando que o dia 30 será o último da vigência da redução. Certamente um anuncio antecipado de tal continuidade, mataria as vendas de Junho.

Será que haverá algum tipo de redução gradual do IPI para todos os automóveis ou só para categorias específicas? Pode ser que não haja nem um e nem outro.

Fonte: Automotive Business.